inicio do site saude da gestante saude da familia saude do jovem saude da mulher saude do homem saudavel depois dos 60 anos Saude na Internet!

início > Saúde da mulher > Menstruação irregular

Menstruação irregular

Publicado em: 01/04/2000. Última revisão: 31/05/2014
Dra. Maria Beatriz Piraí de Oliveira Dra. Maria Beatriz Piraí de Oliveira - Médica Ginecologista e Obstetra. Especialização em Colposcopia e Cirurgia de Alta Freqüência pelo IBCC( Instituto Brasileiro de Combate ao Câncer) .
todos artigos publicados

Uma das queixas mais comuns em consultas ginecológicas são de problemas relacionados à menstruação.

Que problemas são estes? O que deve ser tratado? O que é considerado normal?

A partir da primeira menstruação, menarca como chamamos, podem existir alterações nos padrões do ciclo menstrual normal.

Até 2 a 2,5 anos depois da primeira menstruação podem ocorrer alterações por imaturidade da glândula que regula a liberação de hormônios que faz menstruar.

Pode-se menstruar três ou duas vezes no mês ou ficar mais de 2 meses sem menstruar. Tudo isso até 2,5 anos depois da primeira menstruação.

A partir daí já é para se ter um ciclo regular, ou seja, um intervalo de 22 a 35 dias do primeiro dia da menstruação ao primeiro dia da próxima menstruação.

Um exemplo para entender: se você menstruou dia 01/01, depois 05/02 e 28/02 considera-se que sua menstruação está normal.

Quando se entra no climatério novamente ocorre uma alteração natural no ciclo menstrual: ou encurtando os ciclos ou aumentando os mesmos.

Essas alterações descritas são consideradas dentro de um limite de normalidade.

Deve-se fazer o exame ginecológico para se excluir doenças do trato genital que ocasionam alterações na menstruação como por exemplo "feridas" do colo do útero, que podem sangrar e ser erroneamente confundidas com a menstruação.

Problemas que podem alterar a menstruação são listados abaixo com seus sintomas mais comuns:

- Ovários micropolicisticos: São pequenos cistos no ovário que alteram os hormônios, e consequentemente a menstruação. Pode-se ficar muito tempo sem menstruar, com um aumento de peso, pêlos e acne. Pode também menstruar com intervalo menor que 22 dias.

- Cisto no ovário: Neste caso existe um cisto grande em um ovário podendo causar dor ou não. As alterações na menstruação ocorrem, mas é raro vir acompanhado de acne e aumento de pêlos.

- Miomas: São tumores benignos do utero, antigamente conhecidos também como quistos. Em pacientes pré dispostas pode levar à um aumento do fluxo menstrual e cólicas. Algumas mulheres têm miomas, mas não desenvolvem nenhum tipo de sintomas.

- Alterações hormonais: alguns hormônios podem alterar também o ciclo menstrual como por exemplo os da tireóide.

- Uso de medicações: algumas medicações podem alterar a menstruação como por exemplo antidepressivos.

- Cirurgias: laqueaduras, cirurgias em ovários podem alterar a menstruação.

É muito importante sempre anotar os dias da menstruação e sempre detalhar todos os sintomas a seu médico.  


Assinar feeds RSSSaiba mais sobre feeds RSS
Adicionar o site aos Favoritos
Recomendar o site a um(a) amigo(a)
Adicionar ao del.icio.us

Nós aderimos aos princípios da charte HONcode da Fondation HON Nós aderimos aos princípios da carta HONcode.
Verifique aqui.

Os leitores que chegaram a este artigo, buscaram as seguintes tags:

menstruação duas vezes no mes,  menstruar duas vezes,  ciclo menstrual irregular,  2 vezes no mes,  irregularidade menstrual,  ovarios micropolicisticos,  irregularidades menstruais, 






início | gestante | família | jovem | mulher | homem | + de 60

busca no site | dicas de saúde no seu e-mail | fale conosco
política de privacidade | política comercial | aviso legal | RSS | mapa do site
sobre a Saúde na Internet | nossos colaboradores | seja um colaborador | anunciar