Saude na Internet    Desde 1998

início > Saúde do homem > Ejaculação Precoce

Ejaculação Precoce



PUBLICIDADE
Ejaculação precoce (EP) é a que ocorre antes ou logo após a penetração (01 a 03 minutos), involuntariamente, fugindo do controle do homem.

A definição também pode basear-se no número de movimentos de penetração (10 a 15 movimentos) ou no número de vezes que a parceira obtém o orgasmo (no mínimo 50% das vezes).

Tal incapacidade de retardar o orgasmo frustra tanto o homem quanto sua parceira, visto que a duração da relação torna-se insuficiente para que ela obtenha seu orgasmo.

É uma condição bastante comum e sua ocorrência é certamente maior do que os estimados 30% dos homens.

Pode ocorrer ocasionalmente, o que é normal, ou repetir-se indefinidamente levando a transtornos do relacionamento sexual.

As causas são quase sempre de origem emocional e incluem:

1-Superestimulação;

2-Ansiedade sobre o desempenho sexual;

3-Insegurança;

4-Inexperiência ou falta de aprendizado relativo ao conhecimento ou percepção das sensações que antecedem o orgasmo.

5-Reflexo condicionado a partir das primeiras experiências sexuais onde a rápida ejaculação era uma necessidade da situação ou encorajada pela parceira.

É bastante comum a não ocorrência da Ejaculação Precoce durante a masturbação, comprovando o caráter emocional da condição.

O homem acometido de Ejaculação Precoce deverá ser investigado pelo urologista para que as raras causas orgânicas tais como inflamações do pênis, próstata e uretra posterior sejam excluídas.

Ejaculação Precoce - como tratar:

O tratamento da ejaculação precoce varia de caso para caso e inclui desde o uso de medicamentos, até a psicoterapia, passando por exercícios sexuais e orientações comportamentais. A compreensão, cooperação e ajuda da parceira no tratamento são fundamentais.

Em qualquer caso, o método "stop-start" (parar-começar) e a técnica do "aperto" dão bons resultados e devem ser tentados antes das outras formas de tratamento.

I-O método do stop-start objetiva familiarizar o homem com as sensações que antecedem o seu orgasmo. Sua parceira deverá masturbar-lhe enquanto ele se concentra em suas sensações. Quando sentir que o orgasmo se aproxima pedirá à parceira que pare a estimulação até que a tensão sexual se dissipe, quando a parceira então recomeça a estimulação e assim por diante.

O exercício deverá ser repetido algumas vezes antes da ejaculação.

Quando o casal perceber que conseguiu aprender, dominar e controlar as sensações, deverá praticar o mesmo exercício com penetração. Inicialmente, com o homem deitado de costas e parceira por cima, sentada; seguem-se os mesmos exercícios na posição lateral (casal lado a lado) e, finalmente, com o homem por cima.

II-A técnica do aperto inicia-se com a parceira estimulando manualmente o homem enquanto ele se concentra em suas sensações. Quando sentir que o orgasmo se aproxima pedirá à parceira que pare a estimulação e aperte a glande (cabeça do pênis) entre o polegar e os dedos indicador e médio durante 03 segundos. O aperto deve ser firme, sem causar dor e, geralmente, elimina temporariamente o desejo de ejacular.

A técnica deverá ser repetida várias vezes para que as preliminares possam durar algum tempo, sem que haja ejaculação. Quando o casal perceber que conseguiu aprender, dominar e controlar as sensações, deverá praticar o mesmo exercício com penetração.

Inicialmente, com o homem deitado de costas e parceira por cima, sentada; quando o homem sentir a proximidade do orgasmo, deverá retirar o pênis e apertá-lo conforme descrito.

Cessada a sensação de proximidade do orgasmo, reintroduzirá o pênis recomeçando o exercício que deverá ser repetido algumas vezes antes da ejaculação.

Ambas as técnicas são eficientes para o controle da Ejaculação Precoce e qualquer das duas que for a escolhida, deverá ser empregada por no mínimo 03 meses, a não ser que os bons resultados apareçam antes. Existem outras orientações ou "truques" que podem ser tentados:

- Jamais faça sexo se não estiver com vontade. Não o faça, por exemplo, por achar que a parceira está querendo e se você não manifestar interesse ela poderá pensar que você tem outra ou ela não mais lhe excita.

- Procure fazer sexo nas posições que lhe sejam menos estimulantes.

- Use camisinha para reduzir a sensibilidade.

- Obtenha um orgasmo antes da penetração. Peça que a parceira lhe masturbe. Aguarde um tempo adequado até obter nova ereção. Excite a parceira até próximo do clímax. Só então penetre.


Publicado em: 01/07/2000. Última revisão: 14/06/2015
 COLABORADORES 
Dr. Cálide Soares Gomes Dr. Cálide Soares Gomes - Urologista formado em Medicina pela UFMA, 1982, com residência médica em Urologia, HMSA, Rio de Janeiro-RJ. Titular da Sociedade Brasileira de Urologia. Efetivo da Confederacion Americana de Urologia. Efetivo do Colégio Brasileiro de Cirurgiões. Professor da Disciplina de Urologia da UFMA. CRM:3011
todos artigos publicados