inicio do site saude da gestante saude da familia saude do jovem saude da mulher saude do homem saudavel depois dos 60 anos Saude na Internet!

início > Saúde do jovem > Alimentação ideal

Alimentação ideal

Publicado em: 01/08/1999. Última revisão: 17/05/2014
Adriana Maria Adriana Maria - é nutricionista graduada pelo IMEC / RS e Técnica em Nutrição e Dietética pela ETE Júlio de Mesquita de Santo André / SP
todos artigos publicados

Nos dias atuais uma quantidade crescente de pessoas vêm se preocupando cada vez mais com a sua alimentação. Pessoas que antes eram completamente sedentárias e desregradas, agora, acordam cedo para fazer exercícios e querem a todo custo ter uma alimentação mais saudável.

Afinal, o que é uma dieta saudável?

Uma alimentação saudável é aquela que fornece todos os nutrientes necessários para um bom funcionamento do organismo durante todo o dia.

Quantidades de macro e micronutrientes são variáveis, dependendo das características físicas de cada pessoa, do trabalho e atividades realizadas por ela e, entre outras coisas, da sua condição de vida.

Um bom cardápio divide-se no mínimo em 3 refeições diárias, cada uma delas contendo alimentos variados de cada grupo.

São eles:
- grupo de pães e cereais,
- grupo de vegetais e frutas,
- grupo de leite e carnes e
- grupo de gorduras e doces

É essencial que as preferências de quem vai seguir o cardápio, sejam respeitadas, visto que é muito difícil introduzir alimentos ‘estranhos’ (alimentos que estejam fora dos hábitos da pessoa que vai seguir o cardápio) em um curto espaço de tempo.

Suas condições socio-econômicas também devem ser avaliadas, para que a realização do cardápio seja propícia.

Um erro que muitas pessoas cometem é confundir uma alimentação ideal, com uma dieta de emagrecimento.

A alimentação que uma pessoa em processo de emagrecimento ingere, não é muitas vezes uma dieta balanceada, já que os objetivos do processo são criar novos hábitos alimentares e introduzir a reeducação alimentar, para que futuramente essa pessoa possa se alimentar adequadamente, sem cometer exageros.

Conhecer o seu corpo e as suas necessidades são pré-requesitos para alimentar-se corretamente. Engana-se quem pensa que eliminar algum alimento (salvo com acompanhamento nutricional em casos de moléstias) seja o ideal.

Todos os nutrientes têm papel fundamental no bom funcionamento do nosso organismo, e a falta de um deles pode acarretar na má absorção de vários outros e consequentemente causar a aparição de várias doenças carênciais.

Diminuir a ingestão de gorduras e calorias vazias. Comer hortaliças e frutas todos os dias, sejam cruas ou como sucos. Cozer os alimentos pelo período exato, eliminando microorganismos, mas mantendo-se as fibras e vitaminas, não agredir seu organismo comendo depressa, sem mastigar, são dicas de alimentação ideal e fontes de saúde e bem estar.  


Assinar feeds RSSSaiba mais sobre feeds RSS
Adicionar o site aos Favoritos
Recomendar o site a um(a) amigo(a)
Adicionar ao del.icio.us

Nós aderimos aos princípios da charte HONcode da Fondation HON Nós aderimos aos princípios da carta HONcode.
Verifique aqui.

Os leitores que chegaram a este artigo, buscaram as seguintes tags:

calorias,  obesidade,  gordura,  excesso de peso,  emagrecer,  emagrecimento,  comida,  dieta,  regime,  tipos de dietas,  dieta ideal,  saudavel,  perder peso, 






início | gestante | família | jovem | mulher | homem | + de 60

busca no site | dicas de saúde no seu e-mail | fale conosco
política de privacidade | política comercial | aviso legal | RSS | mapa do site
sobre a Saúde na Internet | nossos colaboradores | seja um colaborador | anunciar


Desenvolvido por: InterNET X webhosting